sexta-feira, 30 de março de 2018

Folar de 2018

 


Ingredientes

2 1/2 chávenas (chá) de farinha tipo 55
2 1/2 chávenas (chá) de farinha tipo 65
1/2 saqueta de fermento tipo fermipam
1 chávena (chá) de leite
3 ovos
1 gema para pincelar
100g de manteiga s/sal
2/3 chávena (chá) de açucar
1 colher (chá) bem cheia de sal fino
1 colher (café) bem cheia de erva doce em pó
1 colher (café) bem cheia de canela em pó
raspa da casca de 1 laranja
ovos cozidos (opcional)

Preparação

Na mesma taça onde vai bater a massa juntar o fermento com 1 1/2 chávenas da farinha tipo 65, misturar o leite morno para quente e o açucar. Cobrir com um plástico e deixar fermentar até começar a fazer espuma.

  

Juntar então os ovos previamente mexidos, a restante farinha tipo 65, o sal, a erva doce, a canela e a raspa da casca de laranja e por fim a manteiga derretida. Estando tudo bem ligado começar a juntar a farinha tipo 55 até que toda esteja bem misturada.
Caso use uma máquina deixe a massa por pelo menos 8 minutos antes de a considerar pronta. O seu aspecto normal será ligeiramente peganhento embora se solte das mãos com facilidade.

Cobrir a taça com plástico e deixar repousar em local aquecido por, pelo menos 2h ou até duplicar de volume.

  

Formar então o folar dando-lhe a forma que entender, com ou sem ovos cozidos, tapar com um pano e com plastico e deixar duplicar de volume novamente.

Levar ao forno pré-aquecido a 180º por 25 minutos, sem retirar do forno pincelar com a gema diluída num pouquinho de leite ou água e deixar por mais algum tempo até estar cozido.
O tempo de cozedura depende do feitio e tamanho do folar mas com o teste do palito será fácil verificar a cozedura, basta espetaro o palito, quando sair seco está pronto ou bater com os nós dos dedos na parte de baixo do folar, o som deve ser oco..

Fotografias de AM

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Pirâmides de gema com amêndoa, coco e gila

   



Ingredientes

500g de batata doce
300g de açúcar
100g de coco ralado
150g de amêndoa com pele
10 +2 gemas de ovo
100g de fios de ovos escorridos
1 chávena (café) de doce de Gila


Preparação

Cozer as batatas com a pele, descascar, reduzir a puré e deixar arrefecer.

Lavar e picar a amêndoa bem fina.

Separar as 10 gemas das claras.

Levar o açúcar ao lume com uma chávena (café) de água até obter o ponto espadana (ver receita) http://www.anamiuda.com/2011/06/pontos-de-acucar.html

Retirar do lume e juntar o doce de Gila, lentamente as gemas mexendo cuidadosamente para não cozerem, e por fim a batata-doce, a amêndoa, o coco e os fios de ovos.

    

Pré aquecer o forno a 200º.

Misturar tudo e levar ao lume, mexendo sempre, até engrossar e ligar todos os ingredientes.

    

Estando pronto, com a ajuda de duas colheres de sobremesa ou de sopa, conforme as queira maiores ou mais pequenas, formar as pirâmides, como se fossem pastéis de bacalhau, apertando e passando de uma para a outra até estarem formadas. Colocar num tabuleiro de forno forrado com papel vegetal.

Separar as 2 gemas das claras, juntar um pinguinha de água, pincelar as pirâmides e levar ao forno até terem um belo tom dourado.

    

Com colheres de sobremesa uma dose dá para cerca de 80 pirâmides.



Fotografias de AM