segunda-feira, 6 de junho de 2011

Compota de mirtilo





Ingredientes

400gr de mirtilo
200gr de açúcar
Sumo de 2 limões




Preparação

Lavar e secar bem os mirtilos. Verificar se não há nenhum estragado. Juntar tudo numa panela e levar ao lume médio por 10 minutos.

Enfrascar e rolhar em quente.




Fotografias de AM

Mirtilo - Vaccinium myrtillus
também conhecido como uva-do-monte ou arando

Originários da América do Norte, Ásia e Europa Central, os mirtilos têm sido consumidos pelo homem desde tempos pré-históricos.
Em Portugal, encontram-se em regiões onde o Inverno é muito rigoroso, como a zona do médio Vouga, existem mais de 30 espécies que crescem em regiões distintas e centenas de diferentes variedades.
Os mirtilos cultivados têm um sabor ligeiramente doce e os selvagens são mais adstringentes.

INTERESSE NUTRICIONAL

Excelente fonte de flavonóides, especialmente antocianinas, que lhe dão a típica cor azulada, vitamina C, fibra solúvel e insolúvel, como a pectina. Também muito ricos em taninos, vitamina E, manganésio e riboflavina.

EXCELENTES PARA Á SAÚDE

Os benefícios dos mirtilos advêm principalmente dos seus pigmentos antocianos que têm um poder antioxidante muito elevado.
Os antioxidantes combatem os radicais livres destrutivos, compostos instáveis produzidos pelo nosso metabolismo e encontrados nos poluentes ambientais. Pensa-se que os radicais livres podem provocar várias doenças como o cancer
e as doenças cardiovasculares, bem como contribuir para o processo de envelhecimento e doenças como as cataratas, glaucoma, varizes, hemorróidas e úlceras pépticas.
Proteção do coração os mirtilos fornecem 38% mais anti-radicais livres do que o vinho tinto, alimento com reputação de protetor do coração.

FRUTA VISIONÁRIA

Os mirtilos melhoram a visão e protegem contra a degeneração macular relacionada com o envelhecimento;
excelentes para prevenir cataratas e retinopatias dos diabéticos. Também melhoram a visão noturna e reduzem a vista cansada.
Promovem a saúde do trato urinário, estudos rescentes provaram que o mirtilo tem compostos que ajudam a prevenir e a tratar infecções no aparelho urinário.
Um cérebro mais funcional Estudos laboratoriais levaram a concluir que os mirtilos melhoram a memória e a coordenação motora afetada por doenças de carácter degenerativo, protegendo o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral, associados à doença de Alzheimer e por ação do envelhecimento, como perda da memória a curto prazo. São excelentes antídotos para a depressão.
Uma eliminação mais saudável – Os mirtilos podem ajudar a regular o trânsito intestinal e reduzir a inflamação do sistema digestivo.

COMPRAR / ARMAZENAR

A época dos mirtilos é no Verão, quando os pode consumir no seu estado natural, frescos; no resto do ano pode encontrá-los congelados e secos.
Adquira mirtilos frescos que sejam firmes ao toque, sem humidades aparentes com a pele seca e com um brilho prateado.
Evite frutas demasiado moles, enrugadas ou com sinais de mofo. Os pacotes de mirtilos com manchas de sumo indicam que a fruta já não está no seu melhor
estado para o consumo.
Conserve os frutos no refrigerador e use-os até 7 dias após a compra. Lave-os somente na hora de consumir consumir.

DICAS DE USO:

Adiciona um punhado de mirtilos às receitas de batidos favoritos.
Excelente para adicionar nos cereais matinais e saladas de frutas.
Como recheio de crepes, bolachas e bolos, caldas de frutas vermelhas (por vezes adquirem uma tonalidade verde quando cozinhados e perdem muitas das suas propriedades anti-oxidantes).

CALORIAS: 35 calorias por porção

transcrito de Wikipédia

1 comentário:

Anónimo disse...

Não há nada como os frutos de baga.