sexta-feira, 20 de maio de 2011

Pudim de ovos da Avó Hélia (segredo de família)



Tenham-se em boa temperatura 13 ovos das melhores galinhas, 300 gramas de açúcar branco e 100ml de água. Para a forma +/- 150g de açúcar para queimar, atenção este deve ficar escuro para impedir o pudim de se partir.


Em separadas as claras, devem as gemas ser misturadas com o açúcar e com a água.(as claras podem ser usadas para limpar quadros a óleo, dar goma aos colarinhos, tratar queimaduras, etc)
3 vezes,  3, deve a mistura passar em um passador de rede sem mexer muito para não fazer espuma.


Colocar então o preparado, em uma forma de pudim, com tampa, forrada com açúcar queimado.
Colocar a tampa bem ajustada com um pano fino entre a tampa e a forma e dar um nó com as pontas do pano sobre a tampa.  Levar ao lume em banho-maria em panela alta e tapada, por 1 hora, atenção a água não pode tocar no pano para não haver qualquer entrada de humidade. Convêm ir acrescentando água ao longo do processo.


Passada 1 hora retirar a forma da panela, retirar a tampa e deixar arrefecer completamente, de preferência de um dia para o outro.

Para desemformar o pudim, deve mergulhar-se o fundo da forma em uma caçarola com agua fervente até soltar o fundo. Atenção se for tempo demais pode-se desmanchar.


Fotografias de AM

1 comentário:

Anónimo disse...

livra...mb